segunda-feira, 19 de maio de 2014

Receita de tricô - Luvinhas Sem Dedos, Modelo 2

Depois da breve chuvinha de ontem à tarde, a terra mal ficou molhada, mas a temperatura despencou! Hoje por volta de 7 horas até parecia que estava chuviscando - a neblina molhava o rosto sem dó. MUITO frio! Então é hora de tricotar mais luvinhas sem dedos. Prometi várias receitas, então vamos lá!

Este modelo também está no Ravelry, e é oferecido gratuitamente*; é muito rápido, fácil e básico, exceto pelos detalhes de trança em slip stitch - um ponto que a gente passa sem fazer, e que cria uma espécie de relevo no ponto meia.

Modelos confeccionados por membros do Ravelry - copyright nas fotos.


INGREDIENTES:

- cerca de 200m de fio de espessura média - como o Acalanto ou o Elegance;
- agulhas para meias** (jogo de 5 DPNs) na numeração que fizer você alcançar a tensão de 20 pontos/10cm;
- 2 marcadores (argolinhas pequenas ou alfinetes)

MODO DE FAZER***:

Monte 32 pontos e divida em tres agulhas: 12 pontos na primeira, 12 na segunda e 8 na terceira; coloque o marcador e una as extremidades para fazer o trico circular (cuidado para não torcer os pontos!)

Carreiras 1-2: trabalhe em ponto tricô
Carreiras 3-5: trabalhe em ponto meia
Carreiras 6-7: ponto tricô
Carreiras 8-10: ponto meia
Carreiras 11-12: ponto tricô

Pronto, você acaba de criar o punho da luvinha. Agora você vai mudar para o ponto que vai formar a luvinha, que é assim:

Carreira 1: 3M, SL 1;
Carreira 2: tudo em meia.

"SL 1" quer dizer "slip 1", ou "passe 1 ponto sem fazer": você vai manter o fio por trás do trabalho e passar 1 ponto da agulha da esquerda para a agulha da direita, SEM TRABALHÁ-LO; apenas passe de uma agulha para a outra, introduzindo a agulha como se fosse fazer um ponto tricô.

Trabalhe alternando essas duas carreiras 10 vezes (você terá um total de 20 carreiras)

Na próxima carreira é hora de criar o "dedão":

Carreira 1: 1M, coloque o marcador, 1M, coloque outro marcador, continue seguindo com o ponto utilizado na luvinha inteira até o fim da carreira;

Carreira 2: 1M, passe o marcador, faça um ponto novo****, tricote até o próximo marcador, faça outro ponto novo, passe o marcador; tricote normalmente até o fim da carreira;

Carreira 3: Tricote normalmente (entre os marcadores você fará apenas ponto meia; fora dos marcadores mantenha o ponto usado na luvinha inteira);

Carreira 4: atenção - aqui voce vai novamente fazer os aumentos do dedão: 1M, passe o marcador, faça um ponto novo, tricote até o próximo marcador, faça outro ponto novo, passe o marcador; tricote normalmente até o fim da carreira;

As próximas duas carreiras serão simples; ou seja, você deve trabalhar sempre uma carreira com aumento entre os marcadores, e duas carreiras simples, LEMBRANDO QUE FORA DOS MARCADORES VOCÊ DEVE MANTER O PONTO UTILIZADO NA LUVINHA INTEIRA.

Trabalhe desta forma até que tenha 11 pontos entre os marcadores.

Na próxima carreira voce deve separar os pontos do dedão para trabalhar posteriormente: faça 1M, remova o marcador, transfira os 11 pontos do dedão para um pequeno alfinete de fraldas, crie 1 ponto, remova o segundo marcador, tricote normalmente até o fim da carreira.

Modelo confeccionado por mim; o fio utilizado é o Cascade 220, 100% natural, sobrinha deste projeto.


Trabalhe mais 12 carreiras normalmente. Faça um acabamento semelhante ao do punho, porém menor:

Trabalhe duas carreiras em tricô;
Trabalhe três carreiras em meia;
Trabalhe 1 carreira em tricô, e arremate na segunda carreira em tricô.

Agora vamos ao dedão: coloque nas agulhas os pontos que separou no alfinete; tricote-os e "pegue" mais quatro pontos no espaço da luvinha até juntar com o primeiro ponto que estava no alfinete; agora você tem 15 pontos; distribua 5 em cada agulha. tricote em meia por 4 carreiras (eu sei, é bem chatinho trabalhar circulamente com tão poucos pontos.. mas vai ser rápido, tenha fé!);

Trabalhe uma carreira em tricô, e arremate (em tricô) na próxima.

Pronto, você conseguiu!!!!

Não se esqueça da filosofia da Elizabeth Zimmermann que citei na primeira receita de luvinhas: quando você estiver tricotando tudo vai fazer mais sentido.

Se tricotar estas luvinhas não deixe de enviar uma foto para a gente publicar.

Até breve!!!

* Assim como todas as receitas oferecidas gratuitamente em sites e blogs, devemos respeitar o autor e não utilizar a receita para obter qualquer tipo de lucro: tricote para você mesma ou para presentear - não venda o projeto pronto nem compartilhe a receita visando lucro. Se você criar uma receita e compartilhar de graça, generosamente, não vai gostar de saber que tem gente lucrando em cima de seu trabalho, certo?

** Falei sobre essas agulhinhas, mostrei onde comprar e indiquei onde aprender a usar em outra postagem com receita de luvinhas.

*** Eu dividi essa receita em "ingredientes" e "modo de fazer" porque requentemente eu comparo receitas de tricô e projetos de patchwork a receitas culinárias; para tricotar ou fazer patch precisamos de receitas, mas o barato, assim como na culinária, é que podemos adaptar em cima das "receitas" originais... por que não fazer aquela velha torta de frango com recheio de calabresa? Você agora já tem duas receitas de luvinhas: dois tipos de dedão diferentes, dois tipos de punho, pontos diferentes utilizados... invente, misture, crie seu próprio modelo! Repare na foto no alto da postagem: no primeiro modelo, a pessoa prefiriu utilizar uma sanfona tradicional como punho; no segundo modelo foram utilizadas cores alternadas no punho; o terceiro modelo é uma luvinha fechada, sem os dedinhos de fora!; e o terceiro é o original, mas o fio matizado fez toda a diferença. A gente pode e deve customizar as receitas!

**** na receita anterior de luvinhas eu expliquei melhor sobre esse tipo de aumento.

Um comentário:

replicas relogios disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.