sábado, 17 de dezembro de 2011

Minha roca chegou!

Não estava nos planos voltar a postar hoje, mas não resisti: minha roca, procurada há dois anos, finalmente comprada duas semanas atrás, chegou hoje! Veio de Santa Catarina, fabricada pela Arte Viva Teares.

E qual é a sensação?

Bem... imagine que você nunca viu um carro. Carros são raros. Mas você tem uma bicicleta e a usa muito bem - vai para todo lado, faz o que quer, totalmente no controle. Um dia, finalmente, você compra um carro, e fica se achando: ora, se a bicicleta, que requer equilíbrio e força, você tira de letra, então o carro vai ser moleza: é movido a gasolina, você só tem de sentar e girar o volante para lá e para cá. Tão simples. Aí você senta ao volante e a ficha cai.

É o que está acontecendo comigo: eu fio com fuso há um ano, sem problemas. A roca de pedal, na teoria, seria apenas mais rápida, mas a verdade é que você tem de fazer tudo proporcionalmente mais rápido, também. Em resumo: tô apanhando.

Fazer tudo o que? Até onde sei não há terminologia em português para as etapas da fiação artesanal; então vou descrever do meu jeito: é preciso colocar torção na fibra já fiada ou no líder, formando uma barreira; desfiar a fibra seguinte para que fique só o volume certo para a espessura de fio que queremos criar; por fim, remover a barreira e deixar a torção acumulada invadir a fibra desfiada, formando o fio. No fuso é bem simples, mas na roca é preciso adquirir coordenação motora para assobiar e chupar cana.

Vou ficar devendo hoje videos em português mostrando esses dois processos. Mas quem está muito curioso pode dar uma olhada nesses aqui, em inglês mesmo:

Fiando com o fuso:
http://www.youtube.com/watch?v=s99KZZOZ4q4&feature=related

Fiando com a roca:
http://www.youtube.com/watch?v=COPAd45ciTA&feature=related

Neste último vídeo a danada da Abby Franquemont - uma fera no assunto - diz que basta usar uma mão - com a outra você pode segurar uma cerveja ou cafezinho... Grrr... sem comentários! Mas como foi com livros e vídeos da mesma Abby que aprendi a usar o fuso um ano atrás acho  melhor eu ficar quieta e dar algum crédito a ela.

Espero voltar em breve para contar que estou fiando maravilhosamente na roca. Enquanto isso, fiquem com fotos do tumultuado cantinho onde tento aprender:

Eu queria uma roca vintage, mas não consegui - tive de me contentar com esta versão de fabricação moderna.

Vista que tenho de cima quando estou sentada fiando...

...de frente...

... e a razão para a roca estar perto da minha mesa de trabalho: 
o socorro vem da internet, dos livros e das revistas especializadas. 
E o CD novo da Amy Winehouse está rolando no notebook, 
porque a música acalma os animais!

Até a próxima!

4 comentários:

Lotus disse...

Que legal Jane. Se for ai em janeiro quero ver você trabalhando nela.
Bjss!
Saudade.....

Anônimo disse...

Ola, gostaria de saber onde vc encontra fibras para fiar? No site do eBay tem umas rocas maravilhosas

Jane Rotta disse...

Olá! O eBay é realmente um bom local para comprar fibras; mas depois que o dólar subiu tanto,eu dei um tempo rsrsr. Aqui no Brasil também tem algumas boas opções:

La Rocca Fios - fica em Rosário do Sul, RS. Eles vendem um merino maravilhoso. Eles têm página no facebook, é fácil de achar.

Fazenda Caixa D'água. Têm site e página no facebook. Fibra maravilhosa também!

Sítio do Bicho Sem-Vergonha. Fica em Itamonte, aqui em Minas. Vendem uma fibra mais rústica, mas dá para fiar e fazer peças mais utilitárias. Barata e boa para praticar!

Espero que essas informações te ajudem. Mantenha contato!

Cheiro de Chuva disse...

Olá, tudo bem? Que máximo!!! Fiquei curiosa: e ai, conseguiu utilizar roca? Como se saiu? Ainda utiliza? Abraços! :)